Capa » FOTO NOTÍCIA » Ex-deputado Armando Abílio morre de infarto aos 76 anos.

Ex-deputado Armando Abílio morre de infarto aos 76 anos.

Faleceu na manhã desta segunda-feira (12), na cidade de Esperança, o ex-deputado federal e médico Armando Abílio. Ele foi vítima de um infarto.

ARMANDOABILIO-300x218-1

Ex-presidente do PTB na Paraíba, Abílio foi prefeito de Esperança, deputado estadual e federal.

Armando Abílio Vieira (Itaporanga, 29 de dezembro de 1944) é um ex-político brasileiro, casado com Rosimere Bronzeado Vieira, vice-prefeita da cidade de Esperança, Paraíba.

Foi deputado federal pelo Partido Trabalhista Brasileiro da Paraíba entre 1995 e 2010.Atualmente, atuava como médico e radialista na cidade de Esperança (Paraíba).

História Em 1962 ingressou, em Recife, na Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Federal de Pernambuco, pela qual se graduou em 1968. Durante o ano seguinte, frequentou a residência médica no Hospital Osvaldo Cruz, também na capital pernambucana.

Filiando-se, em 1982, ao Partido Democrático Social (PDS), foi escolhido para integrar a chapa do partido como candidato a vice-prefeito de Esperança (PB). Ainda em 1982 fora nomeado diretor do Hospital Geral da cidade, função que desempenharia até 1991.

Elegendo-se no pleito de novembro de 1982, foi empossado no cargo em janeiro de 1983. Desligando-se do PDS em 1988, permaneceu como vice-prefeito até janeiro do ano seguinte. Em 1989, filiou-se ao Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), no qual permaneceu até 1990.

Ingressando, em seguida, no Partido da Frente Liberal (PFL), em outubro deste ano elegeu-se deputado estadual nessa legenda. Assumindo sua cadeira na Assembleia Legislativa paraibana em janeiro de 1991, foi escolhido segundo vice-presidente da mesa da casa, ocupando essa função até 1992. Em 1993, retornou ao PMDB, tornando-se ainda neste ano primeiro vice-presidente da mesa, cargo que desempenharia até o final da legislatura.

Fonte: CLICK PB

Enviar Comentário

O www.oagora.net esclarece aos internautas que o espaço democrático reservado aos comentários é uma extensão das redes sociais e, portanto, não sendo de responsabilidade deste veículo de comunicação. É válido salientar que qualquer exagero, paixão política e infrações à legislação são de responsabilidade de cada usuário, que possui sua própria conta na rede social para se manifestar, não tendo o www.oagora.net gerenciamento para aprovar, editar ou excluir qualquer comentário. Use o espaço com responsabilidade.