Capa » Painel Rotativo » Agente da PRF acusado de chefiar quadrilha de fraudes em concursos é preso em JP

Agente da PRF acusado de chefiar quadrilha de fraudes em concursos é preso em JP

Segundo a polícia, esquema lucrou, nos últimos 12 anos, cerca de R$ 18 milhões

201705161013390000001285

O agente da Polícia Rodoviária Federal (PRF), apontado pela Polícia Cil, como um dos líderes da quadrilha suspeita de fraudar concursos públicos na Paraíba e em vários estados do Brasil se entregou nesta terça-feira (16).

De acordo com a delegada Vanderleia Gadi, da Delegacia de Defraudações e Falsificações da Capital, ele se apresentou acompanhado de advogados a juíza Luamaoka Mariz Maia Pitanga, na 4ª Vara Criminal, em João Pessoa, e foi dado cumprimento a mandado de prisão do policial. Em seguida, ele foi conduzido para interrogatório na Central de Polícia Civil.

Com a prisão de hoje, a Operação Gabarito, que desbaratou a quadrilha chega a 26 prisões. O agente da PRF se apresentou no Fórum Criminal acompanhado de três advogados e deve ficar preso no 5º Batalhão de Polícia Militar, no bairro do Valentina.

Segundo a polícia, esquema lucrou, nos últimos 12 anos, cerca de R$ 18 milhões e aprovou mais de 500 pessoas em pelo menos 70 concursos e vestibulares.

O agente da PRF teria conseguido fraudar o ENEM e apovado a filha em primeiro lugar para o curso de medicina. Segunod a polícia, a jovem foi ouvida e em depoimento confirmou a participação do pai no esquema.

A operação foi deflagrada no último de sete deste mês em um no condomínio de luxo da Capital.

wscom

Enviar Comentário

O www.oagora.net esclarece aos internautas que o espaço democrático reservado aos comentários é uma extensão das redes sociais e, portanto, não sendo de responsabilidade deste veículo de comunicação. É válido salientar que qualquer exagero, paixão política e infrações à legislação são de responsabilidade de cada usuário, que possui sua própria conta na rede social para se manifestar, não tendo o www.oagora.net gerenciamento para aprovar, editar ou excluir qualquer comentário. Use o espaço com responsabilidade.