Capa » Painel Rotativo » Em frente a Pracinha São Francisco: Encontrado um dos primeiros túmulos do antigo cemitério de São João do Rio do Peixe

Em frente a Pracinha São Francisco: Encontrado um dos primeiros túmulos do antigo cemitério de São João do Rio do Peixe

40764737_2430400350434703_9055704197315428352_n

Na última terça-feira, 04 de setembro, o pesquisador e escritor Rogério Galvão se deparou com uma escavação, em um prédio, nas imediações da pracinha São Francisco, em São João do Rio do Peixe, onde no decorrer da escavação foi encontrado o restante de um túmulo antigo do primeiro cemitério São Joanense.

41162400_2430400317101373_2741557704702033920_n

O objetivo da escavação na área do prédio é para o funcionamento de um dique de oficina que irá funcionar naquela localidade, logo em breve.

41162208_2430400590434679_359155236989829120_n

Vale destacar que o servente encontrou o túmulo no sábado, mas era algo desconhecido ao mesmo. Ao interrogar sobre o achado ele disse ao escritor: “Apois desde sábado que eu arranco tijolo, pensei que fosse uma fossa… Mas era diferente, pois era com um piso desenhado e era grande e quadrado. Era um negócio bonito.” Na verdade, se tratava de uma antiga catacumba, típica construção tumular dos cemitérios do século XIX.

40764737_2430400350434703_9055704197315428352_n

O pesquisador e escritor Wlisses Estrela adiantou que, existia uma catacumba pertencente a Irmandade do Rosário, que podia ser alugada, conforme recibos que o mesmo encontrou em inventários post-mortem no Fórum Dr. João Bernardo de Albuquerque. Ser enterrado numa catacumba era algo reservado a pessoas que possuíam condições financeiras, as demais eram sepultadas em covas no chão, onde se cravavam cruzes.

40758242_2430400567101348_6801188443880685568_n

O primeiro cemitério foi construído em 1862 motivado pela epidemia de cólera que espalhava pelaa região sertaneja. Como não havia mais espaço na igreja do Rosário para os sepultamentos, foi necessário construir o cemitério.

40771193_2430400267101378_2186061164511756288_n (1)

O professor Wlisses Estrela traduz que, com a descoberta tumular revela que o antigo cemitério possuía grandes dimensões, se comparado ao que restou do muro da atual capela de São Francisco. Assim as residências de Zé de Natão (in memorian) até o Hotel de Anita se localizam no terreno do antigo cemitério.

40790511_2430400383768033_7267817953188380672_n

O referido cemitério foi fechado em 1932, com a inauguração do atual localizado na Rua Vidal de Negreiros. As famílias mais abastadas removeram seus entes queridos para o atual cemitério Nossa Senhora da Consolação.

cemit´rio São João

Oagora.net ” A Notícia está aqui”

Informações: Wlisses Estrela.

Enviar Comentário

O www.oagora.net esclarece aos internautas que o espaço democrático reservado aos comentários é uma extensão das redes sociais e, portanto, não sendo de responsabilidade deste veículo de comunicação. É válido salientar que qualquer exagero, paixão política e infrações à legislação são de responsabilidade de cada usuário, que possui sua própria conta na rede social para se manifestar, não tendo o www.oagora.net gerenciamento para aprovar, editar ou excluir qualquer comentário. Use o espaço com responsabilidade.