Capa » Painel Rotativo » Emoção e homenagens marcam missa de saudades do ex-vereador Joca  de Duca  e do pecuarista Chico de Duca

Emoção e homenagens marcam missa de saudades do ex-vereador Joca  de Duca  e do pecuarista Chico de Duca

Familiares, amigos e a comunidade em geral participaram sábado (11), às 16, na Capela de Santo Antônio na Vila de Barra de Piabas-zona rural de Poço Dantas-PB, da missa de  dez anos do  anos do falecimento do patriarca e produtor rural, Francisco Guilherme Estrela (Chico de Duca) e do ex-vereador João Guilherme Estrela (Joca de Duca). A celebração foi presidida pelo padre César Pamplona Pinheiro.

bcc10f4a-a158-44d0-86d4-8f956e3dcf4e

Chico de Duca  e Joca  de Duca eram membros de uma prole de oito irmãos. Filhos de Guilherme Duque de Equitane (Seu Duca) e Minervina Maria da Conceição (Dona Minervina) “in memoriam”. Francisco Guilherme Estrela (Chico de Duca) e o ex-vereador João Guilherme Estrela (Joca de Duca) são membros das famílias Abrantes, Estrela, Guilherme, Duque, Rodrigues e Tomaz.

c605938a-ec81-4e15-8e5f-1ec6364fe457

Chico de Duca faleceu em 30 de julho de 2008 no Hospital Napoleão Laureano em João Pessoa-PB. São seus filhos Francisco Guilherme Estrela Filho (Chiquinho), Maria, professora Rosa Guilherme Estrela “in memória”, comerciante  Iracema Guilherme Estrela, Zeneide Guilherme Estrela de saudosa memória, comerciante Lucineide Guilherme, comerciante Vidal Guilherme, Rosineide Guilherme Estrela, professora Maria José Guilherme, Júlio Guilherme Estrela e Antônio Guilherme Sobrinho (Toinho).

063bc106-2972-4576-a945-94cddb07bdac

O ex-vereador João Guilherme Estrela (Joca de Duca)  era  casado com a Sra. Maria Barreto e dessa união nasceram o seguintes filhos professora Lúcia, Iza Guilherme, Vanda Guilherme, Francisco Guilherme “in memoriam”, Erasmo Guilherme, comerciante Teodoro Guilherme, Marcondes Guilherme, Miguel Guilherme, Crispim Guilherme, João Guilherme de saudosa memória e José Guilherme.  Joca de Duca foi um grande colaborador da sociedade poço-dantense e participou ativamente da política de Poço Dantas e de Uiraúna. Foi o ex-vereador João Guilherme Estrêla que deu posse ao primeiro prefeito constitucional de Poço Dantas, José Milton Santiago (Azulâo), de saudosa memória.

8c85b0ae-4946-47df-9b33-030d3ae12a79

O  saudoso líder político Joca de Duca possuía uma característica fundamental: a solidariedade. Era um homem probo, ético, honrado e leal. Cultivou  um vasto círculo de amizades e seu nome era respeitado como pessoa de reputação ilibada. Um exemplo de cidadão, seja no seio familiar, seja na política. Atuava como conciliador  e mediador nos conflitos locais.

c58bd226-0ebc-4414-8024-c7ccfdf5550f

Além de ser um homem público, de notória reputação e elevado caráter, o  saudoso vereador Joca de Duca foi um homem de fé, que se doou completamente para sua família, para o trabalho, para a atividade política,  para as comunidades de Bulandeira, Vila de Barra de Piabas e localidades circunvizinhas  e para sua cidade. Hoje a sua herdeira política é a ex-vereadora do Partido dos Trabalhadores, professora Maria Eva de Sousa Lira.

5668f716-b058-42bb-8c45-b185cb440081

Foram lidas duas mensagens uma pelo advogado Marcelo Duarte Guilherme Estrela, neto de Chico de Duca  e outra pela professora Maria José Guilherme, filha de Francisco Guilherme Estrela (Chico de Duca).

74c63611-2cb3-42bc-a070-b58eb6dbb017

“A pior dor que podemos sentir é a dor da saudade. Certas dores físicas podem ser eliminadas com medicação, mas a dor da saudade  não tem cura, porque as pessoas das quais sentimos falta partiram em uma viagem sem retorno. Hoje estamos aqui em Barra de Piabas para celebrarmos esta cerimônia em memória de dois grandes cidadãos de bem Chico de Duca  e o ex-vereador por Poço Dantas e Uiraúna, Joca de Duca, avô da minha filha Cleopátra Deniz de Sousa. Eles eram pessoas carismáticas, acolhedoras, queridas  e consideradas  nesta comunidade. Sou testemunha ocular porque fui professora aqui em Barra de Piabas. Seu Joca sempre torceu por mim. Seu Joca era uma pessoa que agregava todos e com espirito conciliador fazia a família ser mais unida. Por esta razão não poderia deixar de prestar esta singela homenagem”, disse a professora Erivalda Paulina Deniz.

1568d322-f8a7-45d6-82df-1f93ea42e04d

“Pai, o senhor é eterno. Nunca morre meu herói. Apesar da saudade indescritível que sinto neste momento; da sensação de vazio absoluto como se não houvesse forças capaz de consolo; sou obrigada a me confessar uma privilegiada. Pude conviver com um homem honesto  e íntegro. Uma referência de lealdade, de compromisso com o trabalho, com a verdade e com a família. Um porto seguro para toda e qualquer tempestade. A doença nunca roubou dele a lucidez, a dignidade, a força e a beleza de espírito. Voltar à Barra de Piabas e não encontrá-lo é sempre muito doloroso.  Agradeço as presenças dos familiares e amigos nesta celebração eucarística em memória de meu pai  Chico de Duca e do meu tio Joca de Joca”, disse Rosineide Guilherme Estrela.

 81808ce2-97ab-4f8a-a459-58e80bc8bf80ea863d7a-2dac-451e-aaca-7900e526ba8fe7be4f0c-1d0c-44d4-9db5-7fd0432e9757ad4b0886-aa8e-4be9-9004-b81cfa755a33

 

 

Abdias Duque de Abrantes

Jornalista MTP-PB 604

 

 

 

 

 

Enviar Comentário

O www.oagora.net esclarece aos internautas que o espaço democrático reservado aos comentários é uma extensão das redes sociais e, portanto, não sendo de responsabilidade deste veículo de comunicação. É válido salientar que qualquer exagero, paixão política e infrações à legislação são de responsabilidade de cada usuário, que possui sua própria conta na rede social para se manifestar, não tendo o www.oagora.net gerenciamento para aprovar, editar ou excluir qualquer comentário. Use o espaço com responsabilidade.