Capa » Painel Rotativo » Ex-prefeita de SP, deputada Luíza Erundina é homenageada em Uiraúna, sua terra natal

Ex-prefeita de SP, deputada Luíza Erundina é homenageada em Uiraúna, sua terra natal

Luíza Erundina:  uma guerreira que não foge à luta.

LUIZA ERUNDINA

 A ex-prefeita e atual deputada federal por São Paulo, Luíza Erundina (PSOL), foi homenageada em Uiraúna-PB, sua terra natal.  Na Fundação Educação Lica Claudino,  A deputada Luiza Erundina participou do lançamento do livro que conta sua trajetória na vida pública. A parlamentar foi homenageada na Câmara Municipal de Uiraúna, presidida pelo vereador Amilton Fernandes (PSB).

A última visita de Luíza Erundina a Uiraúna aconteceu em 1994, onde acompanhou o presidenciável Luís Inácio Lula da Silva na caravana da cidadania que percorreu grande parte do interior nordestino.

Luiza Erundina de Sousa nasceu em Uiraúna em 30 de novembro de 1934 é assistente social e política brasileira, filiada ao Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) e atualmente deputada federal pelo estado de São Paulo. Ganhou notoriedade nacional quando foi eleita a primeira prefeita de São Paulo e representando um partido de esquerda, o PT, em 1988. É a sétima de dez filhos do artesão de selas e arreios de couro Antônio Evangelista de Sousa e de Enedina de Sousa Carvalho. Começou a trabalhar ainda na infância, vendendo bolos feitos pela mãe

Com uma vida inteira dedicada à Política, Luiza Erundina assumiu seu primeiro cargo público no ano de 1958, quando foi Secretária de Educação de Campina Grande, na Paraíba, seu estado de origem. Em 1971 emigra para São Paulo, perseguida pela ditadura militar. No ano de 1980, participa da fundação do PT (Partido dos Trabalhadores) e em 1982 elege-se vereadora da cidade de São Paulo. Quatro anos depois, em 1986, é eleita deputada estadual e em 1988, elege-se prefeita da maior cidade da América Latina, São Paulo, pelo PT, sendo a primeira mulher a assumir o cargo na capital paulista.

Em 1993, depois do impeachment do presidente Collor, Luiza Erundina é nomeada ministra da Secretaria da Administração Federal, no governo Itamar Franco. No ano de 1998, já no PSB (Partido Socialista Brasileiro), é eleita deputada federal por São Paulo.  Assumiu mandato parlamentar na Câmara dos Deputados no ano de 1999 e desde então vem atuando de forma exemplar e ética, próxima das bases e integrada à sociedade pela inclusão da classe trabalhadora, dos excluídos e das minorias, tendo como princípio maior a justiça social e a igualdade de direitos.

Destaca-se ainda na luta pela ampliação da participação das mulheres na política, pela democratização dos meios de comunicação no Brasil e pela reforma do sistema político brasileiro. No último pleito  Luiza Erundina  foi  eleita com  176.883 votos. Um dos quadros importantes da esquerda brasileira.

Autora do livro “O que é ser de esquerda, hoje?”, que enfeixa um grande número de opiniões de conhecidos e importantes intelectuais, acadêmicos, líderes políticos e profissionais da mídia, a respeito de uma questão que continua sendo motivo de permanentes e acaloradas discussões.

Abdias Duque de Abrantes – jornalista, servidor público, advogado e pós-graduado em Direito e Processo do Trabalho pela Universidade Potiguar (UnP), que integra a Laureate International Universities

 

 

 

 

Enviar Comentário

O www.oagora.net esclarece aos internautas que o espaço democrático reservado aos comentários é uma extensão das redes sociais e, portanto, não sendo de responsabilidade deste veículo de comunicação. É válido salientar que qualquer exagero, paixão política e infrações à legislação são de responsabilidade de cada usuário, que possui sua própria conta na rede social para se manifestar, não tendo o www.oagora.net gerenciamento para aprovar, editar ou excluir qualquer comentário. Use o espaço com responsabilidade.