Capa » Painel Rotativo » Paraíba perde 31º médico vítima de covid

Paraíba perde 31º médico vítima de covid

Cirurgião-geral Fernando Ramalho chegou a ser vacinado em janeiro, porém, teve o diagnóstico positivo para o novo coronavírus no início de fevereiro.

329b0b51429c45269ef24750c1f3f560_6028efd57c7b4 (1)

O médico Fernando Ramalho, diretor-geral do Hospital Santa Isabel, é mais uma vítima fatal de complicações da Covid-19.

Cirurgião-geral, ele chegou a ser vacinado em janeiro, porém, teve o diagnóstico positivo para o novo coronavírus no início deste mês. Ele estava internado no Hospital da Unimed e sofreu um acidente vascular e não resistiu, na noite deste sábado.

Com a morte de Fernando Ramalho, a Paraíba chega ao número de 31 médicos falecidos vítimas do novo coronavírus.

O prefeito Cícero Lucena manifestou o seu pesar pela morte do médico e amigo, entre diversos profissionais da saúde que perderam a vida por conta da Covid-19. “Mais uma perda profundamente dolorida para todos nós! Faleceu neste sábado o meu grande amigo, médico paraibano Fernando Ramalho”, afirmou.

MEDICO_4523453_6028efe58e6ed
Reprodução / Redes Sociais
O prefeito lembra a origem e qualidades do médico, com quem teve sempre uma excelente relação. “Nascido em Diamante, meu bom amigo Fernando era um médico de coração grande e que dedicou a vida a cuidar das pessoas. Muito triste”, lamenta.

O vice-prefeito Leo Bezerra também enaltece as qualidades profissionais e humanas de Fernando Ramalho. “É mais um grande profissional que parte sob os aplausos de todos os paraibanos, que admiram o seu trabalho e sua forma de exercer a Medicina”, comentou.

O secretário Municipal de Saúde, Fábio Rocha, destacou o grande caráter e o profissionalismo do médico Fernando Ramalho, com quem teve uma trajetória de trabalho. “Fernando foi um grande profissional que dedicou a vida ao próximo e exerceu a Medicina com seriedade e humanidade”, enfatizou.

A secretária executiva da Saúde, Rossana Sá, fez reverência ao amigo e colega de trabalho, com quem teve diversas missões profissionais em benefício dos paraibanos. “Muito triste perder um amigo e uma figura humana ímpar, com profissionalismo inestimável”, disse emocionada.

VACINADO EM JANEIRO

O médico Fernando Ramalho tomou a primeira dose da vacina Coronavac, desenvolvida pelo Instituto Butantan. Em seguida, sentiu os primeiros sintomas que evoluíram para o quadro de síndrome gripal, que resultou na sua morte neste sábado (13).

Por se tratar de um caso de morte por complicações da covid-19, o sepultamento deve ocorrer com a presença de poucos familiares e sem a realização de velório. As informações sobre quando e onde ocorrerá não foram divulgadas.
Fonte: Mais PB

Enviar Comentário

O www.oagora.net esclarece aos internautas que o espaço democrático reservado aos comentários é uma extensão das redes sociais e, portanto, não sendo de responsabilidade deste veículo de comunicação. É válido salientar que qualquer exagero, paixão política e infrações à legislação são de responsabilidade de cada usuário, que possui sua própria conta na rede social para se manifestar, não tendo o www.oagora.net gerenciamento para aprovar, editar ou excluir qualquer comentário. Use o espaço com responsabilidade.