Capa » Painel Rotativo » Pelo menos 25 escolas cidadãs integrais devem se tornar técnicas em 2022, na Paraíba

Pelo menos 25 escolas cidadãs integrais devem se tornar técnicas em 2022, na Paraíba

Em 2022, ao todo, serão ofertadas 75 mil vagas nas ECIs.

sala_de_aula-664x443

Pelo menos 25 Escolas Cidadãs Integrais se tornarão técnicas em 2022 e passam a oferecer cursos técnicos integrados ao ensino médio, com cursos implantados nas áreas de turismo; hospitalidade e lazer; recursos naturais; gestão e negócios; informação e comunicação; controle e processos industriais. Em 2022, ao todo, serão ofertadas 75 mil vagas nas ECIs.

Em 2018 a Paraíba tinha 100 escolas em tempo integral, já em 2019 o número foi ampliado para 153 escolas neste modelo, em 2020 eram 229 escolas e em 2021 chegou ao patamar de 302 escolas integrais na Paraíba, com investimentos de mais de R$ 20 milhões. Todas as 223 cidades paraibanas possuem, pelo menos, uma escola em tempo integral.

O Programa Escola Cidadã Integral é um novo modelo de escola pública que tem a proposta de organização e funcionamento em tempo único (integral). É uma política pública e está inserida no Plano Nacional de Educação, de acordo com a meta 6: “Oferecer educação em tempo integral em, no mínimo, 50% das escolas públicas, de forma a atender, pelo menos, 25% dos (as) alunos (as) da educação básica” e também no Plano Estadual de Educação.

O programa tem como foco a formação dos jovens por meio de um desenho curricular diferenciado e com metodologias específicas, que apresentam aos estudantes do Ensino Médio possibilidades de se sentirem integrantes do seu projeto de vida. Essas escolas são organizadas com salas temáticas, laboratórios de informática e ciências, e outros espaços de vivências, onde os jovens podem transitar, a partir do seu projeto de vida, em suas competências cognitivas e socioemocionais, de forma a desenvolver as suas potencialidades, sempre apoiado no protagonismo juvenil.

Dentro dessa proposta, existem também as Escolas Cidadãs Integrais Técnicas (ECITs). Elas seguem o mesmo modelo que a Escola Cidadã Integral, mas têm como diferencial os cursos técnicos, que visam à formação dos jovens para atuarem no mercado de trabalho. Ambas têm como foco proporcionar aos jovens se reconhecerem como protagonistas em seus locais de atuação.

Por g1 PB

Enviar Comentário

O www.oagora.net esclarece aos internautas que o espaço democrático reservado aos comentários é uma extensão das redes sociais e, portanto, não sendo de responsabilidade deste veículo de comunicação. É válido salientar que qualquer exagero, paixão política e infrações à legislação são de responsabilidade de cada usuário, que possui sua própria conta na rede social para se manifestar, não tendo o www.oagora.net gerenciamento para aprovar, editar ou excluir qualquer comentário. Use o espaço com responsabilidade.