Capa » Painel Rotativo » População de São João do Rio do Peixe é surpreendida com mais uma morte na cidade. Morre Professora Nicodina.

População de São João do Rio do Peixe é surpreendida com mais uma morte na cidade. Morre Professora Nicodina.

A população de São João do Rio do Peixe vive momentos tensos nos primeiros cinco dias do ano de 2020.

ACIDENTE 1

Desde o dia 01 de janeiro que os moradores de São João do Rio do Peixe, são surpreendidos com mortes súbitas de membros importantes na sociedade são-joanense.

No dia primeiro de janeiro a população ficou entristecida com a notícia da morte da professora Francisca Anunciada Dantas, professora aposentada, que deixou um legado imensurável no meio familiar e social, prestou seus serviços de forma humilde e sincera,  lecionou na EEEFM José Américo de Almeida, onde foi Gestora escolar por cinco anos. O sepultamento aconteceu no dia seguinte, pela manhã, em São João do Rio do Peixe.

ANUNCIADA

Ainda no dia 02 de janeiro, por volta das 14h, familiares e sociedade foram surpreendidos com a morte da Professora Rosicleia Alves, de 39 anos de idade, morta em um acidente na PB 393, estrada que liga São João do Rio do Peixe a Brejo das Freiras. Conforme as informações, a jovem mulher guiava sua Biz quando colidiu com um animal, morrendo no local.

ACIDENTE

https://www.oagora.net/painel-rotativo/acidente-na-pb-393-proximo-a-sao-joao-do-rio-do-peixe-deixa-vitima-fatal-na-tarde-dessa-quinta-feira-02-de-janeiro/

Debaixo de muita comoção o seu corpo foi sepultado na manhã do dia seguinte (sexta-feira, 03), ocasião que a população soube do falecimento do agropecuarista bastante conhecido na cidade por “Tororoca”, membro da família Fernandes, bastante importante no meio social do município e região.

luto-laço-5

Tororoca estava hospitalizado há alguns dias no HRC, seu estado de saúde agravou-se e veio a óbito no dia 3 de janeiro e sepultado na manhã do sábado, 04.

Ainda no sábado, 04 de janeiro, ao amanhecer, morre, aos 58 anos, o funcionário da Coletoria Estadual Ribamar Torres. Membro da tradicional família Torres. Era servidor público do estado da Paraíba, como motorista da Coletoria, em São João do Rio do Peixe e em seguida Cajazeiras, também foi funcionário do Hotel Brejo das Freiras.

RIBAMAR

Há algum tempo Ribamar Torres estava passando por problemas de saúde e fazia tratamento em um hospital de João Pessoa. Ele completaria 59 anos no dia 19 deste mês de janeiro. Era maçom, membro da loja maçônica Mestre do Vale, número 23, de São João do Rio do Peixe.

O seu corpo foi velado na igreja do sétimo dia até as 17 horas do sábado, sendo sepultado no cemitério Nossa Senhora da Consolação.

Como se não bastasse, o destino prega mais uma peça triste aos são-joanenses. Ao amanhecer do dia 05, primeiro domingo do ano de 2020, mais uma surpresa que deixou familiares, amigos e conhecidos perplexos com a notícia da morte da professora Vera Lúcia Fernandes – Professora Nicodina, que teve um infarto e faleceu aos 51 anos de idade.

NICODINA

A professora Nicodina trabalhava na EMEIF José Gonçalves da Silva. Após missa de corpo presente, o sepultamento aconteceu no cemitério Nossa Senhora da Consolação – São João do Rio do Peixe, sob muita comoção.

Oagora.net “A notícia está aqui”

Enviar Comentário

O www.oagora.net esclarece aos internautas que o espaço democrático reservado aos comentários é uma extensão das redes sociais e, portanto, não sendo de responsabilidade deste veículo de comunicação. É válido salientar que qualquer exagero, paixão política e infrações à legislação são de responsabilidade de cada usuário, que possui sua própria conta na rede social para se manifestar, não tendo o www.oagora.net gerenciamento para aprovar, editar ou excluir qualquer comentário. Use o espaço com responsabilidade.