Capa » Painel Rotativo » Prefeito assina decreto que limita funcionamento dos estabelecimentos comerciais e proíbe eventos como bolões, vaquejadas, áreas de lazer e outros

Prefeito assina decreto que limita funcionamento dos estabelecimentos comerciais e proíbe eventos como bolões, vaquejadas, áreas de lazer e outros

Diante o aumento de casos de Covid-19, em São João do Rio do Peixe, o prefeito Luiz Claudino publicou um decreto limitando o horário de funcionamento dos estabelecimentos comerciais e proibindo eventos sociais.

decreto_municipal_png

As adoções de novas medidas temporárias e emergenciais de prevenção de contágio pelo novo Coronavírus – Covid-19, começam a vigorar a partir dessa sexta-feira, 10 de setembro, em todo o território do município e uma alteração significativa deve ocorrer no funcionamento dos estabelecimentos comercias que tendem a aglomerar, no período de funcionamento.

Nos últimos quinze dias um aumento vertiginoso de casos positivos vem despertando preocupação nas autoridades e população em geral.  De poucos registros de infectados antes, hoje são 64 casos ativos no município de São João do Rio do Peixe, 18 casos suspeitos (com tendência de aumento) e 36 óbitos, totalizando 1.433 casos até o momento e com 1.333 pessoas recuperadas. Dos casos ativos, nem uma pessoa foi necessário ser hospitalizada. 

Resultado

Com o Decreto, se espera que os casos positivos declinem e que a população do município são-joanense viva com mais tranquilidade.

O Decreto limita o horário de atendimento no período compreendido entre 10 de setembro de 2021 a 24 de setembro de 2021, os bares, restaurantes, lanchonetes, lojas de conveniência e estabelecimentos similares poderão funcionar com atendimento nas suas dependências das 06h00 às 22:00 horas, com ocupação de 30% da capacidade do local, ficando vedada, antes e depois desse horário, a comercialização de qualquer produto para consumo no próprio estabelecimento, cujo funcionamento poderá ocorrer apenas através de delivery ou para retirada pelos próprios clientes (takeaway).

 Já nos estabelecimentos do setor de serviços e o comércio em geral poderão funcionar das 05h00 às 22h00min, sem aglomeração de pessoas nas suas dependências e observando todas as normas de distanciamento social e os protocolos específicos do setor.

A construção civil somente poderá funcionar das 07h00 às 17h00, sem aglomeração de pessoas nas suas dependências e observando todas as normas de distanciamento social e os protocolos específicos do setor.

Os salões de beleza, barbearias e demais estabelecimentos de serviços pessoais, deve funcionar exclusivamente por agendamento prévio e sem aglomeração de pessoas nas suas dependências, observando todas as normas de distanciamento social. As academias devem funcionar com 30% de sua capacidade.

A realização de missas, cultos e quaisquer cerimônias religiosas presenciais poderão ocorrer com ocupação de 50% da capacidade do local.

O Decreto proíbe o funcionamento de circos, casas de festas, centros de convenções, salas de espetáculos, bolões de vaquejada, vaquejadas, centros de recreação, áreas de lazer, bem como a realização de quaisquer eventos sociais (aniversários, batizados, formaturas e casamentos) e eventos corporativos (congressos, seminários, workshops, oficinas e simpósios), eventos desportivos, jogos, peladas, treinos de associações de esportes em geral.

Sobre o uso de MÁSCARAS, permanece obrigatório nos espaços de acesso aberto ao público, incluídos os bens de uso comum da população, vias públicas, no interior dos órgãos públicos, nos estabelecimentos privados e nos veículos públicos e particulares, inclusive ônibus e táxis.

Veja o Decreto na íntegra:

DECRETO MUNICIPAL – 09.09.2021

Oagora.net  “A notícia está aqui”

Enviar Comentário

O www.oagora.net esclarece aos internautas que o espaço democrático reservado aos comentários é uma extensão das redes sociais e, portanto, não sendo de responsabilidade deste veículo de comunicação. É válido salientar que qualquer exagero, paixão política e infrações à legislação são de responsabilidade de cada usuário, que possui sua própria conta na rede social para se manifestar, não tendo o www.oagora.net gerenciamento para aprovar, editar ou excluir qualquer comentário. Use o espaço com responsabilidade.