Capa » Painel Rotativo » Prefeito de Bernardino Batista recusa aumento do seu próprio salário e hoje é um dos gestores com menor salário da Paraíba

Prefeito de Bernardino Batista recusa aumento do seu próprio salário e hoje é um dos gestores com menor salário da Paraíba

O gestor de Bernardino Batista  abre mão de R$ 60.000,00 anuais, aproximadamente, em seus proventos, configurando, então, um dos menores salários de prefeitos do estado da Paraíba.

GERVÁZIO GOMES

Muitas perguntas são feitas acerca da constante vibração e disposição administrativas do prefeito de Bernardino Batista Gervázio Gomes, entre elas: A que se deve tanta motivação? Entre algumas possíveis respostas, seria a de que o gestor poderia ser bem remunerado, mas fazendo uma varredura através dos mecanismos de transparência, chegamos á conclusão de que Gervázio Gomes tem um dos menores salários entre os prefeitos paraibanos, em se tratando também de cidades de pequeno porte como Bernardino Batista, que conta com uma população em torno de 3.393 habitantes distribuídos em seus 51 Km de extensão, conforme o IBGE.

No ano 2017, o prefeito Gervázio Gomes renunciou ao aumento salarial em que elevava os seus proventos para R$ 14.000,00, para o quadriênio 2017/2020, aprovado pelo poder legislativo, porém o prefeito abdicou de tal direito, (reveja a matéria) e continuou recebendo o mesmo valor aprovado desde a primeira gestão, em 2012. Ainda hoje, Gervázio Gomes, continua recebendo o mesmo valor de 2012, ou seja, um valor líquido em torno de R$ 9.000,00, quase R$ 5.000,00 mensais a menos do que o previsto em lei.

Com essa ação, o gestor de Bernardino Batista  abre mão de R$ 60.000,00 anuais, aproximadamente, em seus proventos, configurando, então, um dos menores salários de prefeitos do estado da Paraíba.

Independente de quaisquer fatores, Gervázio mantem categoricamente a postura de trabalho firme, zelo e responsabilidade pelo erário público, além da empolgação redobrada em proporcionar uma melhor qualidade de vida aos munícipes e conterrâneos batistenses, objetivo que permanecerá até o final do seu mandato.

Assessoria

Enviar Comentário

O www.oagora.net esclarece aos internautas que o espaço democrático reservado aos comentários é uma extensão das redes sociais e, portanto, não sendo de responsabilidade deste veículo de comunicação. É válido salientar que qualquer exagero, paixão política e infrações à legislação são de responsabilidade de cada usuário, que possui sua própria conta na rede social para se manifestar, não tendo o www.oagora.net gerenciamento para aprovar, editar ou excluir qualquer comentário. Use o espaço com responsabilidade.