Capa » Painel Rotativo » Secretaria de Saúde lança projeto que intensifica o combate à dengue

Secretaria de Saúde lança projeto que intensifica o combate à dengue

Foi lançado na manhã desta quarta-feira (28), o projeto “Crotalária Nota 10 – a Natureza contra o mosquito Aedes Aegypti”, que consiste na luta contra a infestação do mosquito da dengue, através de uma planta que atrai o seu predador. A solenidade, que contou com as presenças das secretárias de Saúde, Paula Frassinete, de Educação, Teresa Cristina, e do secretário de Meio Ambiente, José Maria – parceiros do projeto-, entre outras autoridades, agentes de endemias e profissionais da educação, foi realizada no Centro Administrativo Municipal.

IMG-20180228-WA0158-696x461

O prefeito José Aldemir destacou a importância do trabalho realizado pela equipe da Saúde do município, através dos agentes de endemias, que conseguiram diminuir altos índices de casos de dengue em relação a 2016. Ele enalteceu a iniciativa do projeto e destacou a parceria com outras secretarias. “O município atingiu excelentes resultados ano passado quando reduziu de forma expressiva o índice de infestação do mosquito transmissor e o objetivo agora é ampliar esse trabalho”, comentou.

IMG-20180228-WA0160

Idealizado pela Coordenação de Vigilância Ambiental, o projeto “Crotalária Nota 10”, foi assimilado pela secretária Dra. Paula e pelos demais parceiros, diante de sua importância no combate ao mosquito Aedes Aegypti. Segundo explicou o coordenador Joatan Freire, a ideia deve ajudar no trabalho dos agentes, e no apoio da própria população, já que essa guerra precisa da participação efetiva de todos.

IMG-20180228-WA0162

A secretária de Saúde, Paula Frassinete, explicou a importância do projeto: “Nós estamos obstruindo essa camada que protege do calor intenso. Isso traz problema seríssimo para a população. Vocês já imaginaram o que é você ter uma matéria orgânica, porque isso é um combate orgânico, é uma planta que não está trazendo prejuízo nenhum para a flora, fauna e muito menos para o planeta? Nós temos que fazer o combate com responsabilidade, sem agredir a natureza. A Crotalária tem essa função. Ela quebra essa cadeia reprodutiva do mosquito da dengue”.

A secretária de Educação, Teresa Cristina, informou que as sementes vão ser distribuídas para as escolas e antes da distribuição, as escolas, todos os gestores, farão, juntamente com os coordenadores pedagógicos, toda a parte informativa da importância da crotalária. “É um projeto magnífico e esperamos receber bons frutos, bons resultados”, enfatizou.

IMG-20180228-WA0164-1
Durante a solenidade, que contou com a exposição de slides, o secretário José Maria, do Meio Ambiente, explicou como ocorre o processo desde a plantação da semente à germinação e o crescimento da planta que consegue atrair a libélula que vai se alimentar das larvas e do próprio mosquito na sua fase inicial.

Dentro do Projeto “Crotalaria Nota 10”, o papel da Secretaria de Saúde será o de mapear e fazer a coordenação, objetivando expandir a plantação da crotalária e instruindo a população através dos agentes de endemias. O projeto envolve a Secretaria de Educação que terá o papel de oferecer a comunidade escolar, bem como os moradores da região, um estudo detalhado da planta crotalária breviflora, trazendo meios de trabalhar o controle do Aedes Aegypti. Já a Secretaria Executiva de Meio Ambiente adquiriu 30 mil sementes da crotalária e será responsável pela distribuição e fabricação de mudas.

O que é a Crotalária? – A Crotalária atrai a libélula, um inseto predador do mosquito da dengue. Com o plantio da Crotalária no jardim ou quintal de casa, ou até no jardim da empresa, a libélula, que busca colocar ovos em água parada, assim como o mosquito Aedes Aegypti, vai depositar seus ovos, essas larvas vão se alimentar das larvas do mosquito transmissor da dengue acabando com aquele foco. O mesmo acontece com a libélula adulta, ela é predadora e se alimenta de pequenos insetos, o que inclui o Aedes Aegypti. Assim, quebra-se a cadeia reprodutora do mosquito da dengue.

Secom CZ

Enviar Comentário

O www.oagora.net esclarece aos internautas que o espaço democrático reservado aos comentários é uma extensão das redes sociais e, portanto, não sendo de responsabilidade deste veículo de comunicação. É válido salientar que qualquer exagero, paixão política e infrações à legislação são de responsabilidade de cada usuário, que possui sua própria conta na rede social para se manifestar, não tendo o www.oagora.net gerenciamento para aprovar, editar ou excluir qualquer comentário. Use o espaço com responsabilidade.