Capa » POLICIAL » Grupo armado invade casa, sequestra vítimas e mata duas pessoas na PB

Grupo armado invade casa, sequestra vítimas e mata duas pessoas na PB

Além de ferir essas duas vítimas, o grupo sequestrou outros dois homens de identidades não reveladas

WhatsApp-Image-2019-01-13-at-13.16.58-696x522

Duas pessoas morreram e outras duas ficaram feridas depois de terem a casa invadida por um grupo armado. O caso ocorreu na madrugada deste domingo (13), em Cabedelo, na Grande João Pessoa. Na ação, o grupo sequestrou duas das vítimas, que foram encontradas mortas horas depois em uma praia de Lucena, também no Litoral paraibano. Ninguém foi preso.

De acordo com as informações do comandante do 7º Batalhão da Polícia Militar (7ºBPM) coronel Pablo Cunha, as quatro vítimas estavam em uma casa, no bairro Camalaú, em Cabedelo, quando cinco homens armados entraram no local. Duas vítimas de 16 e 26 anos foram feridas a tiros e facadas, segundo a Polícia Militar.

Além de ferir essas duas vítimas, o grupo sequestrou outros dois homens de identidades não reveladas. Eles foram mortos e os corpos foram encontrados por volta das 6h30 (horário local) deste domingo, na praia de Fagundes, em Lucena. Nos corpos haviam marcas de tiros e facadas.

A Polícia Militar fez buscas, mas até 13h (horário local), nenhum suspeito foi preso. Ainda de acordo com o comandante, os dois homens que morreram eram das cidades de Goiana e Recife, em Pernambuco. Ainda não há suspeitas sobre o que motivou o crime.

“Sabemos que é algo grave. Os cinco homens entraram na casa já sabendo o que iriam fazer. Estamos com o setor de inteligência da Polícia Militar trabalhando pra apurar o caso, mas ainda não existe nada confirmado”, explicou ele.

Os dois homens que ficaram feridos na casa foram socorridos encaminhados para o Hospital de Trauma de João Pessoa. O G1 não conseguiu informações sobre o estado de saúde deles.

 

Fonte Diamante Online

Enviar Comentário

O www.oagora.net esclarece aos internautas que o espaço democrático reservado aos comentários é uma extensão das redes sociais e, portanto, não sendo de responsabilidade deste veículo de comunicação. É válido salientar que qualquer exagero, paixão política e infrações à legislação são de responsabilidade de cada usuário, que possui sua própria conta na rede social para se manifestar, não tendo o www.oagora.net gerenciamento para aprovar, editar ou excluir qualquer comentário. Use o espaço com responsabilidade.