Capa » POLICIAL » Ex-esposa de idoso encontrado torturado em Itaporanga fala pela primeira vez sobre cena do crime

Ex-esposa de idoso encontrado torturado em Itaporanga fala pela primeira vez sobre cena do crime

Pela primeira vez, a testemunha ocular da cena do crime que chocou a Paraíba na sexta-feira (07) falou sobre o que viu quando chegou ao local.
not-1080-20180907120155 (1)O aposentado Geraldo Enedino de Sousa, 72 anos, conhecido como Ademir Enedino, ex-funcionário do DER, foi encontrado morto na sala da sua residência pela ex-companheira. O corpo estava amarrado pelos pés e mãos e apresentava sinais de agressão.

Após o crime, quem entrou na residência primeiro foi a ex-companheira do idoso, que fazia visitas a ele com frequência e tinha a chave da casa.

“A gente se separou, mas se dava bem, e como ele era idoso e estava meio adoentado, eu todo dia vinha aqui ajeitar a casa e cuidar dele. Mas hoje chamei e ele não abriu a porta, então voltei para casa, peguei minha chave e, ao abrir a porta, encontroei essa situação”, comentou a mulher.

Eles foram casados durante 26 anos e têm uma filha, que reside fora de Itaporanga, assim como outros filhos do primeiro casamento do aposentado.

A cena do crime

As investigações da polícia seguem a linha principal de latrocínio, (homicídio e roubo) pois é provável que os criminosos tenham entrado na casa pelo telhado, surpreenderam o idoso quando ele dormia, o executaram e arrombaram o cofre.

Fonte Diamante Online

Enviar Comentário

O www.oagora.net esclarece aos internautas que o espaço democrático reservado aos comentários é uma extensão das redes sociais e, portanto, não sendo de responsabilidade deste veículo de comunicação. É válido salientar que qualquer exagero, paixão política e infrações à legislação são de responsabilidade de cada usuário, que possui sua própria conta na rede social para se manifestar, não tendo o www.oagora.net gerenciamento para aprovar, editar ou excluir qualquer comentário. Use o espaço com responsabilidade.