Capa » POLICIAL » Travesti patoense é morto a tiros em Belo Jardim-PE

Travesti patoense é morto a tiros em Belo Jardim-PE

O travesti patoense Jackson de Oliveira Dias, mais conhecido como Gabriele Oliveira, de 21 anos, residente no bairro da Maternidade, foi morto em circunstâncias misteriosas na noite da segunda-feira, 05, na Rua Cicinato Pires Raposo, no bairro Santo Antônio, na cidade de Belo Jardim, no Agreste Pernambucano.

TravestiEle estava em um bar, que estava fechado, com um homem de nome Robson Carlos da Silva e, segundo as informações o estabelecimento foi arrombado por volta das 23 horas e os dois foram executados com vários tiros. Ele foi encontrado morto em cima de uma cama e o homem que estava com ele foi encontrado morto no corredor do estabelecimento.

A equipe do Instituto de Criminalística encaminhou os corpos para o Instituto de Medicina Legal (IML) de Caruaru.

Jackson de Oliveira Dias, que também era apelidado de “Princesa”, morava com a mãe em Patos, e não há informações de que tinha inimizades. Era a primeira viagem dele para Belo Jardim, o que leva a família a acreditar que o jovem foi morto por engano, pois não conhecia ninguém na cidade.

A mãe optou por sepultá-lo no Distrito de Santo Aleixo, em Imaculada, onde a família tem um túmulo. O sepultamento ocorreu na manhã dessa sexta, 10.

Não há informações de suspeitos até o momento e a polícia está investigando.

Folha Patoense

Enviar Comentário

O www.oagora.net esclarece aos internautas que o espaço democrático reservado aos comentários é uma extensão das redes sociais e, portanto, não sendo de responsabilidade deste veículo de comunicação. É válido salientar que qualquer exagero, paixão política e infrações à legislação são de responsabilidade de cada usuário, que possui sua própria conta na rede social para se manifestar, não tendo o www.oagora.net gerenciamento para aprovar, editar ou excluir qualquer comentário. Use o espaço com responsabilidade.