Capa » FOTO NOTÍCIA » Estado lança edital para cadastro de empresas no Programa 1ª Chance

Estado lança edital para cadastro de empresas no Programa 1ª Chance

O governador João Azevêdo lançou, nesta segunda-feira (12), durante o programa semanal ‘Conversa com o Governador’, transmitido em cadeia estadual pela Rádio Tabajara, o edital para cadastro de empresas públicas e privadas interessadas em receber estagiários bolsistas do programa estadual Primeira Chance.
emprego-carteira-trab784
São 350 vagas de estágio para alunos da 3ª série do Ensino Médio dos cursos técnicos da Rede Estadual de Ensino, com bolsas de R$ 500,00. As vagas serão distribuídas em 38 cidades do Estado, contemplando 11 eixos tecnológicos. 

Nós estamos preparando a mão de obra para o mercado de trabalho e garantindo profissionais qualificados para as empresas. O Primeira Chance é um grande projeto destinado aos nossos jovens e eu espero que mais empresas façam essa adesão ao edital que estamos publicando”, ressaltou o governador João Azevêdo.

A Chamada Pública, publicada por meio da Secretaria de Estado da Educação e da Ciência e Tecnologia, visa estimular nos setores produtivos a contratação de estagiários, incentivando as políticas públicas e desenvolvimento da educação profissional, assim como, proporcionar aos estudantes da Rede Estadual de Ensino espaços de aprendizagem nos quais possam aprimorar competências e habilidades adquiridas na formação profissional e técnica.

O edital será publicado no Diário Oficial do Estado e os documentos e procedimentos estarão disponíveis no endereço eletrônico primeirachance.seect.pb.gov.br/. As empresas poderão se inscrever a partir desta terça-feira (13) pelo formulário eletrônico até o dia 25 de julho:

ACESSE primeirachance.seect.pb.gov.br 

No ato da inscrição, as empresas deverão apresentar documentação relativa à regularidade fiscal e trabalhista. Cada empresa poderá apresentar apenas uma inscrição. Caso haja mais de uma inscrição do mesmo candidato, será considerada a última inscrição, registrada por CNPJ.

A previsão é que os estágios tenham início em setembro, a depender dos decretos estaduais de funcionamento das empresas em virtude da pandemia. A carga horária é de 20h semanais e a bolsa de R$ 500,00, que será paga pelo Governo do Estado, ficando as empresas com os custos de seguro saúde e vale transporte.

As vagas são para as áreas de Ambiente e Saúde; Controle e Processos Industriais; Gestão e Negócios; Informação e Comunicação; Infraestrutura; Produção Alimentícia; Produção Cultural e Design; Produção Industrial; Recursos Naturais; Segurança; Turismo; Hospitalidade e Lazer. Serão distribuídas de acordo com a quantidade de empresas e alunos inscritos no processo seletivo.

Seleção dos Estudantes – Após a divulgação das empresas selecionadas, no dia 01 de agosto, serão realizadas as entrevistas com os estudantes para ocuparem as vagas, no período de 09 a 20 de agosto. Serão convocados para as entrevistas no máximo três vezes o número de estudantes cadastrados no banco de talentos do Programa Estadual Primeira Chance, que estejam devidamente cadastrados por curso de acordo com a demanda solicitada pelas empresas.

Por conta da pandemia do novo coronavírus, as entrevistas acontecerão de forma remota por link do meet enviado pela coordenação. Participarão da entrevista o aluno, um representante da coordenação do programa, o coordenador de estágio da escola e um representante da empresa.

Os candidatos serão classificados, individualmente, por meio da média ponderada da soma da nota acadêmica (peso 2,0) e da nota da entrevista (peso 3,0) que será acompanhada pelo responsável pela supervisão de estágio da escola de origem do estudante, a ser realizada pelo representante da empresa classificada, que atribuirá uma nota. A nota acadêmica será formada pela média ponderada de acordo com as disciplinas técnicas (peso 2,0), de Língua Portuguesa (peso 1,0), de Matemática (peso 1,0) e Língua inglesa (peso 1,0), tendo como referência as 1ª e 2ª séries do ensino médio.

Fonte: Secom-PB

Enviar Comentário

O www.oagora.net esclarece aos internautas que o espaço democrático reservado aos comentários é uma extensão das redes sociais e, portanto, não sendo de responsabilidade deste veículo de comunicação. É válido salientar que qualquer exagero, paixão política e infrações à legislação são de responsabilidade de cada usuário, que possui sua própria conta na rede social para se manifestar, não tendo o www.oagora.net gerenciamento para aprovar, editar ou excluir qualquer comentário. Use o espaço com responsabilidade.