Capa » COLUNISTAS » A história do ex-prefeito de Triunfo-PB, Doutorzinho

A história do ex-prefeito de Triunfo-PB, Doutorzinho

O líder político e ex-prefeito de Triunfo-PB

DOUTORZINHO

João Evangelista Duarte (Doutorzinho), nasceu no dia 23 de junho de 1937, na Comunidade de Casas Velhas, zona rural de São João do Rio do Peixe (PB). Ainda jovem, adotou a cidade de Triunfo como a sua terra, onde passou a praticar,  mesmo sem ter graduação, atividades de “médico”, “dentista” e “protético”.

Em Triunfo casou-se, aos vinte e quatro anos de idade, com a Sra. Maria do Socorro Adriano. Desta união nasceram seis filhos. Desta união nasceram 5 filhos (Nadinho, Belinha, Lisberto, Laercio e Lais), logo em seguida ele casou-se pela segunda vez com Francisca Anacleto da Silva onde teve mais um filho (João Evangelista Filho).

Em função da assistência que prestava ao povo na área da saúde tornou-se um dos maiores líderes da história política de Triunfo.

Foi exibida uma matéria em outubro de 1980, no Programa Fantástico da Rede Globo, contando a história do fenômeno que foi Doutorzinho.

 Em 1969 João Evangelista Duarte (Doutorzinho) disputou o cargo de prefeito de Triunfo pela Arena2. Teve como companheiro de chapa João Mangueira Andrade. Obtiveram 678 votos, 53,64% dos votos válidos. Doutorzinho foi eleito.

Na eleição de 1976 Doutorzinho disputa o cargo de chefe do Poder Executivo pela Arena1 tendo como vice-prefeito, Cícero José da Silva. Obteve 1.632 votos, 57,16% dos votos. Foi vitorioso.

No pleito de 1988 João Evangelista Duarte disputou pelo PMDB novamente o cargo de prefeito municipal tendo como companheiro de chapa, o empresário João Bosco Alves da Costa “in memoriam.

Em 1988, Doutorzinho teve como adversária a Dra. Maria Adélia de Abrantes do PFL, filha do saudoso ex-vice-prefeito de Bernardino Batista, Antônio Estrêla de Abrantes e sobrinha do saudoso ex-prefeito de Triunfo, Zé  Bernarduno. Foi uma eleição bastante concorrida.

Doutorzinho obteve 2.071 votos, 50,11% dos votos válidos enquanto Dra. Maria Adélia Abrantes obteve a expressiva votação de 2.062  votos, 49,89% dos votos válidos. Doutorzinho ganhou a eleição por apenas nove votos.

Dra. Maria Adélia Abrantes quase sepulta o reinado do líder Doutorzinho.

Na eleição de 1996 João Evangelista Duarte disputa o cargo de prefeito pelo PMDB tendo como candidato a vice-prefeito, Ednaldo Mangueira de Sousa. A chapa obtém 2.176 votos, 49,25 dos votos válidos.

Doutorzinho teve como adversário o  carismatico ex-vereador João Pereira Júnior (João Coragem) do PPB tendo como vice-prefeita Francisca Quaresma Dantas.

João Coragem obteve 2.242 votos, 50,75% dos votos válidos.

Por uma diferença de sessenta e seis votos João Coragem “in memoriam” é  eleito prefeito constitucional de Triunfo e encerra o reinado da liderança política triunfense, Doutorzinho.

O ex-prefeito Doutorzinho era uma pessoa de uma alegria fraterna e carisma singular.

Seu carisma, o amor aos menos favorecidos  e sua fé serão sempre lembrados, com carinho, pelos amigos que fez ao longo da jornada.

Era uma figura bastante popular, querida e sensível e, principalmente, ligada aos mais carentes. Faleceu em março de 1999.

Abdias Duque de Abrantes
Advogado, jornalista e pós-graduado em Direito e Processo do Trabalho pela Universidade Potiguar (UnP), que integra a Laureate International Universities.

Enviar Comentário

O www.oagora.net esclarece aos internautas que o espaço democrático reservado aos comentários é uma extensão das redes sociais e, portanto, não sendo de responsabilidade deste veículo de comunicação. É válido salientar que qualquer exagero, paixão política e infrações à legislação são de responsabilidade de cada usuário, que possui sua própria conta na rede social para se manifestar, não tendo o www.oagora.net gerenciamento para aprovar, editar ou excluir qualquer comentário. Use o espaço com responsabilidade.