Capa » Painel Rotativo » Bispo da Diocese de Cajazeiras emitiu novo documento para o dia de Corpus Christi

Bispo da Diocese de Cajazeiras emitiu novo documento para o dia de Corpus Christi

O Bispo Diocesano de Cajazeiras, Dom Francisco de Sales, emitiu um novo documento em que reafirma as diretrizes pastorais em vigor na Diocese no enfrentamento à pandemia do novo coronavírus e estabelece as orientações para a celebração da Solenidade do Corpo e Sangue de Cristo (Corpus Christi), que acontece nesta quinta-feira, 03.

Dom francisco sales igreja_diocese_bispo_3366454356344564_606cafe5698e9

Dom Francisco de Sales inicia destacando a responsabilidade da Diocese de Cajazeiras na adoção de medidas que corroborem com a redução e controle da propagação do novo coronavírus. “Somos conscientes do nosso esforço, como Igreja diocesana, para prover nossos ambientes e instituições com a segurança requerida pelos protocolos sanitários para o enfrentamento da pandemia. Por isso, não hesitamos em tomar decisões, sejam elas de caráter restritivos ou de abertura e flexibilização, conforme o comportamento do quadro pandêmico”, afirma.

Continuando, o bispo confirma a orientação já em vigor na Diocese que faculta a cada Paróquia a possibilidade da tomada de providências que sejam necessárias para o enfrentamento da pandemia. “Admoestamos a todos, de modo particular aos Párocos, Administradores Paroquiais e animadores das comunidades a manterem diligentemente a necessária vigilância quanto às medidas de profilaxia em nossas Igrejas e nos demais locais administrados pelas Paróquias sob nossa jurisdição, segundo orientações já emanadas pela Diocese.”

CORPUS CHRISTI

Ao tratar da Solenidade de Corpus Christi, celebrada nesta quinta-feira, 03, Dom Francisco de Sales recomenda que as Paróquias sejam mantidas abertas durante o dia para a visitação e oração dos fiéis e, onde for possível, haja um tempo propício de adoração ao Santíssimo Sacramento exposto em ostensório.

Onde for possível a presença de fiéis, sejam oferecidos mais de um horário de missa, de forma que atenda às necessidades da comunidade e respeite todas as normas sanitárias.
“Após a missa principal, seja realizado um momento de adoração da Santíssima Eucaristia no qual sejam elevadas súplicas a Deus pelo fim da pandemia e se faça memória daqueles que foram ceifados pela covid-19. Conclua-se este momento de adoração com a bênção solene com o Santíssimo Sacramento sobre a Cidade e a toda a Paróquia”, orienta o bispo.

Dom Francisco de Sales prevê ainda, nas cidades onde se julgar possível, a procissão com o Santíssimo Sacramento em carro aberto, mas sem o acompanhamento de fiéis a pé ou em motos ou carros. Tal decisão deve ser discernida e avaliada prudentemente por cada Pároco/Administrador Paroquial.

O bispo conclui o documento exortando os diocesanos a se manterem firmes na busca do bem comum e na prática da caridade. “Mesmo forçosamente privados do que nos é mais caro, não nos cansemos de fazer o bem e ser, para quem mais necessita, sinais viventes do amor misericordioso de Deus e da caridade de Cristo que supera toda lei e conhecimento.”

PASCOM DIOCESANA

Enviar Comentário

O www.oagora.net esclarece aos internautas que o espaço democrático reservado aos comentários é uma extensão das redes sociais e, portanto, não sendo de responsabilidade deste veículo de comunicação. É válido salientar que qualquer exagero, paixão política e infrações à legislação são de responsabilidade de cada usuário, que possui sua própria conta na rede social para se manifestar, não tendo o www.oagora.net gerenciamento para aprovar, editar ou excluir qualquer comentário. Use o espaço com responsabilidade.