Capa » Painel Rotativo » Delegado sergipano indiciado pelo homicídio de Geffesson de Moura é nomeado presidente de comissão da SSP

Delegado sergipano indiciado pelo homicídio de Geffesson de Moura é nomeado presidente de comissão da SSP

O delegado sergipano Osvaldo Resende Neto, indiciado por homicídio qualificado e fraude processual no inquérito que investigou a morte do advogado paraibano Geffesson de Moura Gomes, foi nomeado na última sexta-feira (28), como presidente da recém constituída Comissão Permanente de Avaliação e Alienação de Bens em Sergipe.
 DELEGADO
A nomeação foi feita pelo secretário de Estado da Segurança Pública, João Eloy, e publicada na edição do Diário Oficial desta segunda-feira (31). Além de Osvaldo, o delegado Jonathas Evangelista, e os agentes da Polícia Civil Luiz Henrique, Alessandro Ribeiro e Cátia Simone também foram nomeados para compor a comissão.
 A comissão prevista em lei (7.560/1986), atende a uma política da Secretaria Nacional de Políticas Sobre Drogas (Senad), do Governo Federal. Conforme apurado pelo Portal Fan F1, ela tem como responsabilidade gerir os valores de apreensão do bem móvel ou pelo evento que der origem a sequestro de bem imóvel em ocorrências relacionadas ao tráfico de drogas. A Polícia fica com 20% a 40% dos recursos provenientes da alienação dos respectivos bens.
Esse é o primeiro ato administrativo envolvendo o nome do delegado Osvaldo Resende desde que ele deixou a prisão, após decisão judicial, no dia 22 de abril.
Geffesson morreu durante uma abordagem policial comandada pelo delegado Osvaldo Resende
Osvaldo e outros dois policiais foram indiciados há cerca de 40 dias e chegaram a ficar presos temporariamente, enquanto as investigações eram conduzidas pela polícia paraibana. Os três são acusados de executarem o advogado, no dia 16 de março deste ano, durante uma operação da Polícia Civil de Sergipe, no Sertão da Paraíba. O advogado Geffesson de Moura Gomes teria sido confundido com um alvo identificado como Luiz Henrique Cunha Carvalho, e foi atingido com oito tiros, morrendo no local da abordagem.
Fonte: FanF1
Créditos: Polêmica Paraíba

Enviar Comentário

O www.oagora.net esclarece aos internautas que o espaço democrático reservado aos comentários é uma extensão das redes sociais e, portanto, não sendo de responsabilidade deste veículo de comunicação. É válido salientar que qualquer exagero, paixão política e infrações à legislação são de responsabilidade de cada usuário, que possui sua própria conta na rede social para se manifestar, não tendo o www.oagora.net gerenciamento para aprovar, editar ou excluir qualquer comentário. Use o espaço com responsabilidade.