Capa » Painel Rotativo » Deputado Jeová Campos tem audiência em Brasília e traz boas notícias sobre a conclusão de obras da Transposição e outras ações na PB

Deputado Jeová Campos tem audiência em Brasília e traz boas notícias sobre a conclusão de obras da Transposição e outras ações na PB

Nesta terça-feira (06), o deputado estadual e presidente da Frente Parlamentar da Água e Agricultura Familiar da ALPB, Jeová Campos, se reuniu com o Núcleo de Projetos Estratégicos do Ministério do Desenvolvimento Regional e se atualizou sobre importantes ações ligadas à Pasta e que dizem respeito à conclusão das obras de Transposição do Rio São Francisco na Paraíba e outras ações. “A conclusão do canal Caiçara-Engenheiro Ávidos está prevista para até o final de julho; a recuperação da barragem de Engenheiro Ávidos está sendo licitada e deve iniciar as ações em breve; e a chegada das águas na barragem de Boa Vista, em São José de Piranhas, se não houver nenhum problema, deve acontecer em novembro deste ano. Essas são notícias maravilhosas que nos dão uma esperança muito grande em relação à resolutividade de boa parte dos problemas hídricos no sertão paraibano”, destacou o parlamentar, que estava acompanhado do prefeito de São José de Piranhas, Chico Mendes.

 Deputado-Jeová-Campos-e-prefeito-Chico-Mendes-em-reunião-no-Ministério-do-Desenvolvimento-Regional
Segundo Jeová, após a reunião, ele seria recebido pelo ministro Rogério Marinho, do Ministério do Desenvolvimento Regional, mas o ministro teve uma agenda de última hora com o presidente Bolsonaro e por isso o encontro, intermediado pelo deputado federal Wilson Santiago, não aconteceu. “Esse canal Caiçara-Engenheiro Ávidos foi uma luta política do nosso mandato e da ALPB, que sempre contou com o apoio da então senadora e atual governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra, e é uma grande conquista para a Paraíba que agora virará realidade”, destaca o parlamentar, lembrando que o canal não estava incluído no projeto original da Transposição, embora ele seja fundamental para a chegada das águas na região de Cajazeiras. “Fomos nós, da Frente Parlamentar da Água da ALPB, que identificamos essa lacuna no projeto original durante uma das visitas técnicas da Frente às obras da Transposição, mas, felizmente, a falha foi reparada”, lembra Jeová que, já naquela época, era presidente da Frente.
Quanto à recuperação da barragem de Engenheiro Ávidos, os técnicos do Ministério asseguraram que está sendo concluída a licitação e que os processos de recuperação devem começar em breve e as obras serão realizadas pelo consórcio Heca Novatec Engenharia, Construções e Empreendimentos, vencedor do certame. “Essa obra é muito importante para Sousa e Cajazeiras que há anos lutam muito por essa ação, com o apoio de nosso mandato”, disse Jeová.
Em relação à chegada das águas da Transposição, segundo o deputado, se não houver nenhuma intercorrência, como aquela que surgiu em Atalho e Jati, por exemplo, a previsão é que a água chegue à barragem de Boa Vista, em São José de Piranhas, em novembro deste ano. “Essa é uma previsão que eu considero otimista, diante do que ainda tem que ser feito, mas de todo jeito a informação da conclusão do canal em julho e a chegada das águas em novembro já dão outra perspectiva a quem sofre com a falta de água na região”, disse Jeová.
Sobre as obras do terceiro eixo do ramal de Piancó, segundo informações repassadas ao deputado, já existe o projeto e já estão, inclusive, adquirindo a tubulação para a construção do terceiro ramal que vai perenizar o rio Piancó, que abastece não apenas o açude Coremas-Mãe D’água, que é a principal fonte de recursos hídricos da região de Assunção até Sousa. “Tratamos ainda sobre o ramal do Apodi, que vai perenizar o rio São José, que abastece o açude de Lagoa do Arroz, importante barragem que, por sua vez, abastece parte de Cajazeiras, São João do Rio do Peixe e Santa Helena e, em breve, Uiraúna. Retomei essa pauta hídrica e volto muito alegre para a Paraíba porque as notícias que tive foram muito boas”, finalizou Jeová.

Enviar Comentário

O www.oagora.net esclarece aos internautas que o espaço democrático reservado aos comentários é uma extensão das redes sociais e, portanto, não sendo de responsabilidade deste veículo de comunicação. É válido salientar que qualquer exagero, paixão política e infrações à legislação são de responsabilidade de cada usuário, que possui sua própria conta na rede social para se manifestar, não tendo o www.oagora.net gerenciamento para aprovar, editar ou excluir qualquer comentário. Use o espaço com responsabilidade.